Economia

ARTIGO: 6 estratégias de marketing para expansão do agronegócio

O Brasil é um dos maiores produtores e exportadores de soja, café, açúcar, carne bovina, e uma série de outros produtos agrícolas essenciais. Essa capacidade produtiva é impulsionada por fatores como solo fértil, tecnologia agrícola avançada, e um clima favorável que permite a colheita de várias safras ao ano em diferentes regiões do país. A demanda global crescente por alimentos e produtos agrícolas oferece ao Brasil uma oportunidade sem precedentes para expandir sua participação nos mercados internacionais.

Em 2023, o Brasil teve um desempenho notável na exportação de produtos agrícolas, com a carne bovina e o agronegócio em Pernambuco se destacando particularmente. O país exportou carne bovina no valor de mais de 10,541 bilhões de dólares, totalizando 2,28 milhões de toneladas. Destaca-se que o Canadá importou US$39 milhões em carne bovina brasileira, evidenciando um aumento de 18% em comparação com o ano anterior.

Para tanto, é importante considerar que as estratégias de mídias para os produtores torna-se um aliado fundamental nesse processo, aqui deixo algumas ações que podem ser adotadas por produtores e empresários rurais, de pequeno, médio e grande porte.

1. Presença Digital Fortalecida

No mundo conectado de hoje, é imperativo que os produtores brasileiros estabeleçam uma presença digital sólida. Isso significa ter websites atualizados, com informações detalhadas sobre os produtos, processos de cultivo, certificações de sustentabilidade e práticas agrícolas responsáveis. Uma presença digital robusta ajuda a construir credibilidade e confiança com compradores internacionais.

2. Marketing de Conteúdo

Criar e distribuir conteúdo relevante e valioso é uma maneira eficaz de atrair, envolver e gerar valor para o público-alvo. Blogs, vídeos, e posts em redes sociais que destacam a qualidade dos produtos agrícolas brasileiros, inovações em práticas de cultivo sustentável e histórias por trás dos produtores podem capturar o interesse de compradores internacionais e consumidores finais.

3. Redes Sociais e Influenciadores

As redes sociais são ferramentas poderosas para alcançar mercados globais. Usar plataformas como Instagram, Facebook, e LinkedIn para compartilhar insights sobre a produção agrícola pode aumentar a visibilidade. Parcerias com influenciadores digitais e chefs renomados que endossam os produtos brasileiros podem também ampliar o alcance e atração nos mercados internacionais.

4. Plataformas de E-commerce e Marketplaces Digitais

Participar de plataformas de e-commerce e marketplaces digitais especializados em produtos agrícolas pode abrir portas para novos mercados. Essas plataformas facilitam o acesso direto a compradores internacionais, permitindo que pequenos e médios produtores vendam seus produtos além das fronteiras nacionais.

5. SEO  e Publicidade Online

Investir em SEO (Search Engine Optimization) para garantir que os websites e conteúdos digitais apareçam nas pesquisas em diferentes países é crucial. Campanhas de publicidade online direcionadas, usando Google Ads, Facebook Ads, e outras plataformas, podem aumentar significativamente a visibilidade dos produtos brasileiros em mercados específicos.

6. Assessoria de imprensa 

Contar com um assessoria de  imprensa pode auxiliar a ampliar a visibilidade da empresa, através de mídia espontânea seja em veículos tradicionais  ou digitais, empresas  agrícolas ganham credibilidade, levando a empresa a um nível de referência no mercado, mostrando todo o conhecimento e experiência em seu setor de atuação.

Ricardo Martins, CEO da TRIWIEspecialista em marketing digital, é graduado em Marketing pela Escola Superior Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, e concluiu o Master em Marketing pela ESPM, em São Paulo. Durante os 20 anos de trajetória na área, atuou em companhias que se destacam no mercado, como Polishop, XP Investimentos, TOTVS e CNA Idiomas. Como profissional de  marketing, Ricardo tem atuado como consultor em diversas empresas de agronegócio.

Leia também